Doenças Oculares

Erro Refrativo

Como é o nosso olho?

Se o olho não apresentar qualquer anomalia visual, as imagens dos objetos, quer estejam próximos ou distantes, forma-se sobre a retina. O olho possui um mecanismo chamado acomodação que permite ao cristalino moldar-se em função das distâncias de forma a vermos imagens nítidas. Quando a imagem não se forma sobre a retina a visão é desfocada.

Hipermetropia – o que é?

A hipermetropia é uma anomalia visual em que o olho é demasiado pequeno, o que provoca que as imagens se formem atrás da retina. Os hipermétropes vêem mal ao longe e ao perto. Muitas vezes conseguem ver bem devido ao esforço de acomodação com consequente fadiga.

 

Miopia – o que é?

A miopia é uma anomalia visual em que o olho é demasiado grande o que implica que as imagens se formem à frente da retina. Os míopes vêem mal ao longe mas bem ao perto.

 

Astigmatismo – o que é?

O astigmatismo é uma anomalia visual em que o olho é uma bola ovalada em vez de redonda, o que provoca imagens desfocadas. Os astigmatas têm uma visão imperfeita quer ao longe quer ao perto com má perceção dos contrastes entre as linhas horizontais, verticais e oblíquas.

O astigmatismo pode associar-se às outras anomalias visuais como a miopia, a hipermetropia ou a presbiopia.

Sinais

Costuma ter dores de cabeça e fadiga ocular? Normalmente estes sintomas são mais frequentes ao fim do dia e depois do trabalho devido ao esforço permanente da acomodação para tentar formar imagens nítidas.

Quando a hipermetropia da criança é elevada vem muitas vezes acompanhada de um estrabismo que deve ser tratado. Estes são alguns sinais de alerta para uma hipermetropia.

Franze os olhos para ver com nitidez ao longe? Passa pelos seus amigos na rua e só os reconhece quando estão próximos? O seu filho aproxima-se demasiado das coisas? Estes são alguns sinais de alerta para uma miopia.

 

O astigmata confunde os símbolos próximos como o H, o M e o N e ainda o 8 e o 0.

Combinado com a miopia ou a hipermetropia pode sentir cansaço visual ou dores de cabeça.

Estes são alguns sinais de alerta para um astigmatismo.

Como se pode corrigir?

As hipóteses de correção são:

1. Óculos: as lentes tóricas são lentes curvas que vão compensar a forma ovalada do olho fornecendo uma visão nítida do mundo.

2. Lentes de contacto: funcionam como as lentes dos óculos.

3. Cirurgia refrativa: cirurgia a laser que retira a graduação fazendo com que não seja preciso a utilização quer de óculos, quer de lentes de contacto. Esta cirurgia pode ser feita com LASER ou mediante a colocação de uma lente dentro do olho.

A opção por qualquer destas cirurgias depende do tipo de erro refrativo.

 

Portugal Telecom – Associação de Cuidados de Saúde (ACS)

MEDIS

PT

MULTICARE

CGD

EDP

Outros Acordos

 

Clínica Paula Sepúlveda, Lda

Rua Dr. Francisco Duarte, n.º 110, 1.º, Salas 13 e 14, 4715-018 BRAGA

Coordenadas GPS 41°33'05.9"N; 8°24'12.6"W

Telemóvel 919 948 385

Telefone 253 610 383 | Fax 253 610 387

e-mail paulasepulveda@sapo.pt

www.paulasepulveda.pt